Comunidade Educadora Vale do Cuiabá

mãe de aluno da Educação Infantil

Esse é o primeiro ano do meu filho, mas é o primeiro ano que ele está se destacando. É maravilhoso o colégio, a alimentação. Ele adora todos os professores. Está de parabéns o colégio, ele aprendeu basta... veja mais

contato
voltar

Notícia

Semana da Criança: reinventando o brincar

18/10/2019

A semana da criança permitiu momentos importantes de celebração na Escola de Ed. Integral Padre Quinha, quem tem como filosofia a formação integral dos educandos, concedendo importância a todas as atividades realizadas naquele espaço. Entre as grandes preocupações da equipe está a forma como as crianças vivenciam o dia a dia na escola, principalmente em relação ao ato de brincar, que é a expressão máxima da infância.

"Foi uma semana muito intensa, que exigiu muito de nós, uma dose extra de energia. Nos envolvemos com o coração, para que as atividades planejadas pudessem proporcionar às crianças muita diversão. Sinto que alcançamos o nosso objetivo. Tivemos uma semana abençoada e divertida!", conta Silvana.

Dentro da concepção do "brincar" na Padre Quinha, não é o conteúdo ideacional do brinquedo que determina a brincadeira, mas sim a própria criança. No jogo do faz de conta, ela se utiliza de instrumentos arcaicos de brincar, mas alheios a qualquer máscara ideacional: pega alguma coisa e a transforma em cavalo; quer brincar com areia e se transforma em pedreiro; quer se esconder e se transforma em bandido ou policial. Em consonância com essa visão, as professoras Silvana dos Santos e Ana Lúcia Castro cuidam e zelam, com muita competência, carinho e dedicação, dos momentos do recreio e da recreação, e não seria diferente durante a semana da criança.

Houve uma integração entre todos os profissionais da escola no planejamento de três dias de atividades diferenciadas e motivadoras. Professores que atuam na Casa de Leitura e nas disciplinas de Educação Física, de Artes, de Inglês e Teatro juntaram-se a Ana Castro e Silvana a fim de organizar diferentes oficinas para os alunos: teia molhada, danças, criação de brinquedos, slackline e muito mais!  As professoras de sala de aula, professoras regentes, também organizaram algumas atividades para essa comemoração.

Na sala de artes, as crianças se dedicaram à produção de um bilboquê, um antigo brinquedo que surgiu ainda no século XVI, e um porta lápis. "Quando os alunos terminaram a confecção do bilboquê, eles aproveitaram a outra parte da garrafa pet usada e a transformaram num porta lápis. Foi muito divertido! Os alunos demonstraram bastante interesse e capricharam nos seus brinquedos", comenta a professora de inglês, Sylvinha, que organizou a atividade junto com a professora Talita, de Artes, e o professor Pedro, de Ed. Física, com o acompanhamento de Ana Castro.

Intensificando esse cuidado, os alunos também aproveitaram os lanches diferenciados (picolé, pipoca, gelatina, bolo) e um almoço bem gostoso, cujo cardápio atendeu à solicitação das crianças, para que a semana fosse encantadora e, ainda, de acordo com a proposta da escola, que tivessem a oportunidade de vivenciar momentos que, não só contribuíssem para a sua formação integral, enquanto seres humanos, bem como ficassem guardados em suas lembranças para toda a vida.


Comentários

Confira também

Receita de bolo

31/03/2020

Alunos conversam sobre livro e colocam a mão na massa

veja mais

O rei da leitura

23/03/2020

Formação do leitor literário

veja mais

Ilustrando o Carnaval

11/03/2020

Festa foi ponto de partida para o desenvolvimento de atividades diversas em artes visuais 

veja mais

Escolas Diferenciadas - Claudia Costin

07/03/2020

Claudia Costin publica artigo sobre Escola Padre Quinha na Folha de S. Paulo

veja mais