Comunidade Educadora Vale do Cuiabá

mãe de Michel de Paula Oliveira Pinto, de cinco anos e meio, que está no Grupo III da creche neste ano.

“A adaptação do meu filho foi muito boa. Ele só ficava agarrado comigo, e eu com ele. Hoje está bem, avançou muito. É uma crianç... veja mais

contato
voltar

Notícia

Comunidade Educadora e parceria público/privada

11/10/2016

No último dia 16 de setembro, a Escola de Educação Integral Padre Quinha tornou-se palco de um momento especial, com a realização do Seminário “Comunidade Educadora Vale do Cuiabá”.

Após o café da manhã, patrocinado pelo SESI, foi aberto o evento pela profª Maria Cecília Almeida e Silva, diretora do Instituto Superior de Educação, instituição privada, sem fins lucrativos, responsável pela orientação metodológica da escola. Ela expôs o conceito de Comunidade Educadora Sustentável, enfatizando que a escola é o seu coração, pois a Comunidade Educadora começa na relação professor/aluno e no vínculo com a criança e a família.

Ressaltou que a Pedagogia de Projetos, desenvolvida na escola, é alimentada pela pedagogia da descoberta, da alegria e da solidariedade. 

“Nesta escola, partimos da premissa de que ensinamos melhor o que não sabemos, assim, todos são protagonistas do processo, todos têm algo a ensinar e todos têm algo a aprender. O início de cada projeto se dá, a partir do aguçamento da curiosidade dos alunos e dos professores. Assim, ganha sentido a ideia de interesse, de integralidade, pois cognição e emoção caminham juntas.” – afirmou ela. 

Destacou, ao final da sua fala, a importância da parceria público-privada que vem ocorrendo há alguns anos, composta por quatro alicerces, possibilitando a construção de uma Comunidade Educadora Sustentável: Instituto Superior de Educação Pró-Saber, SESI/SENAI, Prefeitura Municipal de Petrópolis e Mitra Diocesana.

A programação seguiu com performance da ópera "Carmem", de Bizet, pelos alunos do 5º ano, com acompanhamento musical da orquestra da Ação Social pela Música do Brasil. Logo depois, a professora Ana Lúcia Antunes, do 2º ano, e formadora de professores, falou sobre a metodologia de trabalho da Escola de Ed. Integral Padre Quinha, e a diretora da instituição, Creonilde Fernandes, exibiu o mapa da Comunidade Educadora Sustentábel. A diretora da Escola Municipal Theodoro Machado, a coordenadora pedagógica do Centro de Ed. Infantil Recanto Arco Íris, e o presidente do Conselho da Ação Social pela Música do Brasil também se pronunciaram brevemente. 

Nesse mesmo dia aconteceu a formatura dos alunos dos cursos de Operador de Computador e Confeitaria promovidos pelo Senai. Após a fala do presidente da Firjan, Dr. Eduardo Eugênio Gouveia Vieira, os convidados se dirigiram ao Canto de São Francisco, espaço de educação ambiental a céu aberto, para ouvirem a apresentação da Camerata, sob a regência da Maestrina Taiana, da qual fazem parte alunos que têm se destacado nos respectivos instrumentos. Alunos do 1º ao 5º ano que integral o Coral Dó, Ré, Mi, sob a batuta do Maestro Paulo Afonso, também realizaram uma breve apresentação. 

Ao término da programação, foi servido um brunch a todos os presentes, patrocinado pelo Senai. 


Comentários

Confira também

Uma viagem teatral ao século XVI

18/09/2018

Trabalho busca desenvolver a espontaneidade, potencial criativo e liberdade de expressão em todos os níveis

veja mais

Alunos constroem terrários e discutem o meio ambiente

14/09/2018

O trabalho incluiu uma aula sobre sementes e a forma certa de plantar cada uma

veja mais

Brincando de fazer conta

11/09/2018

Alunos do 4º ano conhecem a Sala de Matemática, novo espaço da Escola Padre Quinha

veja mais

Descobrindo a Natureza Morta

05/09/2018

Crianças aprenderam sobre o gênero de pintura na aula de Artes Visuais

veja mais